Como o tomate pode ser benéfico para nossa saúde!

Tomate saladete, italiano, cereja ou holandês? Independente do tipo, o importante é que todos carregam um composto bioativo importantíssimo para o nosso corpo, o famoso licopeno.

O licopeno é o responsável pela coloração vermelha do fruto e por diminuir o risco de infarto do miocárdio, reduzir o colesterol ruim e melhorar em até 26% a saúde cardiovascular. Além de prevenir contra o câncer de próstata, câncer de pulmão e exercer uma atividade antioxidante no organismo, agindo como anti-inflamatório natural e elevando a imunidade.

Licopeno

O nutriente está presente no tomate conforme o grau de amadurecimento. Tomates mais vermelhos contém maior concentração da substância, sendo que em um quilograma de tomate cru é possível encontrar 30mg de licopeno, enquanto em um litro de suco de tomate terá 150mg de licopeno.

Porém, o nutriente fica ainda mais disponível quando aquecido e com a associação de algum óleo. O motivo, é que o calor rompe a parede celular e permite a melhor extração da substancia e a gordura estabiliza a absorção, potencializando em até três vezes mais a sua absorção.

O único cuidado deve ser na compra. Escolha tomates orgânicos e bem maduros para garantir uma boa quantidade de licopeno.

Versatilidade

A verdade é que o tomate é muito versátil e um “coringa” na cozinha, sem contar que possui baixa caloria: em uma unidade de tomate do tipo saladete existe cerca de 30 kcal. Assim, invista nesse alimento. Faça um molho de tomate caseiro e deixe um pouco congelado (o licopeno resiste ao frio) e  aproveite com praticidade os benefícios dessa estrela da culinária.

Molho de tomate

Ingredientes:

  • 4 tomates maduros
  • 8 folhas de manjericão
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • ½ cebola descascada
  • Sal a gosto
  • 1 pitada de pimenta-do-reino moída na hora

Preparo:

Corte os tomates em pedaços e bata no liquidificador. Enquanto isso, corte a cebola em cubinhos e frite no azeite. Depois acrescente o tomate batido, tempere com o sal, a pimenta-do-reino e cozinhar em fogo baixo até o molho encorpar. Desligue o fogo e acrescente o manjericão.

Dica:

Faça uma quantidade maior e congele, pois o licopeno não se perde com a técnica e assim na hora das emergências você evita os molhos industrializados.

2 comentários em “Como o tomate pode ser benéfico para nossa saúde!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *