Prevenção e o diagnóstico precoce aumentam as chances de cura do câncer de próstata

Novembro também é mês de falar sobre saúde, pois sabemos que a saúde é o nosso bem mais precioso. A campanha Novembro Azul, foi criada com o objetivo de conscientizar o homem sobre a importância dos cuidados com á saúde, principalmente de realizar os exames preventivos contra o câncer de próstata.

Segundo o INCA (Instituto nacional do câncer), estima-se que em 2020 sejam diagnosticados cerca de 65.840 mil novos casos de câncer de próstata. No entanto, com o surgimento do coronavírus, que resultou no isolamento social, muitos casos de câncer de próstata poderão ser diagnosticados tardiamente, reduzindo as chances de cura.

Dados de laboratórios renomados no Brasil apontam uma queda de 38% na realização do exame PSA (antígeno prostático especifico), que identifica a presença do tumor cancerígeno, durante o período de isolamento social. Por isso neste momento é ainda mais importante enfatizar a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

É importante saber que alguns fatores estão diretamente relacionados com o surgimento do câncer de próstata, como:

  • Histórico familiar, aumentando a probabilidade de acordo com a proximidade de parentesco (pai ou irmão).
  • Obesidade
  • Idade – A partir dos 50 anos é preciso dobrar a atenção!

Mais do que qualquer outro tipo de câncer, o câncer de próstata é considerado o câncer da terceira idade, pois cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. A sociedade Brasileira de Urologia recomenda que homens a partir dos 50 anos realizem os exames preventivos mesmo que não apresentem nenhum sintoma.

Já os homens com histórico familiar devem realizar os exames preventivos do câncer de próstata a partir dos 45 anos de idade.

Quais exames devem ser realizados para detectar o câncer de próstata?

  • Exame de sangue PSA (Antígeno específico prostático). É realizado para medir á quantidade de moléculas produzidas pela próstata.
  • Toque retal. (Consiste na analise manual da próstata, realizada pelo médico).
  • Biópsia da próstata. (Procedimento realizado com o auxílio de um ultrassom, podendo ou não ser realizado sob o uso de anestesia) – a biópsia só é realizada, quando há suspeita de câncer após detecção de alguma alteração no exame de toque retal ou no PSA.
  • Exames de imagens como Ecografia prostática, PET Scan e PET/CT e ressonância magnética podem ser solicitados pelo médico com o objetivo de confirmar o diagnóstico da doença ou para analisar o estágio em que ela se encontra.

Em geral, se diagnosticado precocemente, o câncer de próstata apresenta chances de cura de 90%. Por isso realizar os exames preventivos anualmente é fundamental e pode salvar vidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *