Empresas querem manter profissionais com qualificação

Recursos Humanos buscam formas de incentivo para manter talentos diante de um mercado carente de profissionais qualificados

O país soma 11,9 milhões de desempregados. Os dados se referem ao primeiro trimestre de 2022 e estão na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, Pnad Contínua, divulgada em abril pelo IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

A falta de mão de obra qualificada tem deixado as empresas sem opções na hora de contratação. Cinco em cada dez indústrias brasileiras enfrentam dificuldades para encontrar profissionais qualificados, de acordo com pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Por outro lado, aqueles profissionais qualificados e já empregados também estão sendo alvo das empresas. Para reter esses talentos e mantê-los motivados, as áreas de Recursos Humanos tem oferecido premiações e outras formas de reconhecimento.

Keity Novais, Head De Desenvolvimento Organizacional da Cooper Card, entende que o País está enfrentando um apagão de mão de obra qualificada. “Faltam profissionais especializados, principalmente quando se trata do domínio de novas tecnologias e de educação continuada, ou seja, o aprofundamento em determinadas áreas, certificações, desenvolvimento técnico e pessoal dentro da carreira”.

Keity defende os treinamentos e o desenvolvimento contínuo dos líderes como forma de retenção de talentos. “Recentemente implantamos uma Universidade Corporativa, que possibilita termos uma gestão completa e centralizada das ações de treinamento para desenvolver, potencializar as habilidades dos colaboradores e da Liderança”, revela.

PREMIAÇÃO

“Um destaque da reforma trabalhista foi a possibilidade de premiação para o trabalhador que se supera, e merece por isso receber prêmio em dinheiro, bens, produtos ou serviços”, acrescenta a advogada Raissa Bruna Maximo Green Morton Coutinho de Magalhães, especialista em Direito do Trabalho.

Raissa explica que a empresa que opta pelo incentivo, não se onera no âmbito previdenciário ou com encargos trabalhistas, uma vez que tal benefício é livre de encargos. O RH da empresa vê isso como uma oportunidade de incentivar a meritocracia, oferecendo prêmios aos empregados. “Esses prêmios não se incorporam ao contrato de trabalho”, acrescenta a advogada, também especializada em Reforma Trabalhista.

CARTÕES DE INCENTIVO

A Coopercard foi a primeira a lançar o cartão premiação. A segurança jurídica fez com que a empresa criasse uma série de produtos voltados para o RH.  Um deles é o Cartão Cooper Ajuda de Custo. Ele fornece diversos tipos de auxílio financeiro para os colaboradores, como auxílio moradia, medicamentos, saúde, vestuário, viagem, combustível, manutenção de veículo, telefone, entre outros. Este produto permite a transferência do valor para conta bancária em poucos minutos (exceto conta salário).

Outro cartão é o Cooper Premiação, focado na meritocracia e também na retenção de talentos. É um cartão para reconhecer os colaboradores pelo atingimento de metas extraordinárias estabelecidas ou, ainda, para premiar em campanhas.  As empresas podem oferecer o cartão para o colaborador que contribuiu para o aumento de vendas, da produtividade, redução de despesas, assiduidade e tempo de casa, sorteios e concursos culturais e ações de marketing.

Já cartão Cooper Gift Plus permite que a empresa faça campanhas pontuais de premiação e incentivo ou presentear os colaboradores. Ocorre geralmente em datas comemorativas, ocasiões de reconhecimento. premiações ou nas festas de final de ano. Esse tipo de reconhecimento resulta em produtividade e é ideal para empresas que costumam reconhecer por meio de brindes ou lembranças.

O Cooper Gift Plus permite ser utilizado para ações pontuais, extraordinárias e sazonais. Não exige que o cartão seja nominado no momento da compra, possibilitando que o RH faça isso no momento da premiação (posteriormente). O valor creditado no cartão pode ser transferido para conta bancária.  Outra grande vantagem que é um presente em que não se erra na preferência, cor ou tamanho, com garantia de satisfação do presenteado. No caso, o colaborador.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.