E se a alimentação saudável se tornar afetiva?

A memória afetiva está diretamente relacionada a alguma situação que vivemos no passado, podendo ser desencadeada por elementos sensoriais como aroma e sabor, que funcionam como gatilho que nos fazem lembrar de momentos felizes vivenciados em uma fase da vida.

Com relação a alimentação, é muito comum que a memória afetiva seja desencadeada quando sentimos o sabor de pão caseiro, que nos faz lembrar do pão que a avó fazia quando éramos crianças, dos momentos prazerosos em família ao redor de uma mesa, ou mesmo dos alimentos mais simples. Esses alimentos remetem a memória algo positivo, se tornando um alimento carregado de afetividade.

Por isso é importante ficar sempre atento aos alimentos que oferecemos e que memórias estamos criando hoje em nossas crianças para que elas tenham como memória afetiva uma alimentação saudável e prazerosa.
Você tem prezado por fazer com que as refeições sejam memoráveis para os seus filhos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *