Como a vitamina D pode fazer a diferença no seu bem-estar

Vitamina D é um nutriente essencial que nosso corpo utiliza em muitos processos vitais, incluindo a construção e manutenção de ossos fortes, pois é fundamental no mecanismo de absorção do cálcio.

Conhecido como vitamina do sol, a vitamina D é produzida pelo organismo na maior parte através da exposição solar, mas também é sintetizada em menor quantidade através do consumo de determinados alimentos.

A baixa ingestão de vitamina D é considerada uma grande preocupação de saúde pública em todo o mundo. Isso porque os baixos níveis de vitamina D estão associados a redução do sistema imunológico, depressão, diabetes, doenças cardiovasculares, câncer e até mesmo complicações pelo covid-19.

A vitamina D é uma vitamina lipossolúvel, presente nos alimentos de origem animal como ovos de galinha, peixes gordurosos de água fria como atum e salmão.

Pesquisas recentes sugerem que manter os níveis adequados de vitamina D, com níveis séricos ideal acima de 60 nanogramas/ml substância pode ajudar a prevenir uma variedade de doenças. Entre elas estão a depressão, diabetes, câncer e doenças cardíacas.

Fala-se muito que a exposição solar elevada acelera o envelhecimento precoce e doenças como o câncer de pele. No entanto, devemos saber a respeito dos benefícios que a exposição solar pode trazer para a saúde física e psicológica.

Muitos fatores, podem levar o indivíduo a desenvolver um quadro de transtorno depressivo, alguns estudos tem observado o comportamento de pacientes depressivos com níveis de vitamina D reduzido. Após realizar suplementação com injeção intramuscular doses de 150.000 ou 300.000 UI, em um período de 3 meses, observou-se melhora positiva dos indivíduos com quadros depressivos. Sendo assim, é comprovado que manter os níveis adequados de vitamina D no organismo humano, promove saúde e bem-estar.

Por isso, tenha sempre em sua alimentação alimentos ricos em vitamina D e lembre-se de se expor ao sol diariamente, pois o sol é o meio mais eficaz de aumentar a produção da vitamina em seu corpo.

Atenção: a cautela com o excesso de exposição à radiação solar sempre deve existir, por isso fique atento aos horários com menor incidência dos raios uvb e uva e lembre-se de sempre aplicar protetor solar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *