Covid-19 e dia das mães: como o comércio está lidando com a pandemia

Comércio fechado próximo ao Dia das Mães! Quem um dia poderia imaginar esse cenário causado por conta da pandemia do Coronavírus. Em muitas cidades houve um consenso de abrir o comércio de rua com regras específicas e horários alternativos, mas o fato é que o faturamento desses estabelecimentos não recuperou os níveis de pré-pandemia.

Tudo mudou com o distanciamento social

É necessário entender que tudo mudou e, mesmo com o fim do distanciamento social, nada mais voltará a ser como antes, o mundo mudou! E essa mudança teve como “acelerador tecnológico” o mais improvável personagem: o Coronavírus.

Os comércios e empresas que ainda não tinham entendido que estar presente no meio digital era fundamental, infelizmente tiveram que se adaptar rapidamente para não deixar o seu faturamento no zero. E essa é uma boa notícia em meio a tanta informação negativa: evoluímos!

O comércio e o Dia das Mães

Com a aproximação de mais uma data festiva, tida para o comércio como um segundo Natal, historicamente, pelo consumo, lojas e demais empresas encontraram nas Redes Sociais e nas Mídias Digitais um caminho para atender o consumidor em casa. Segundo João Otávio Marques Junior, gerente de vendas da loja Jorrovi Calçados, em Maringá: “o nosso ramo ainda não tinha tanta facilidade de trabalhar com essa linha virtual.”

Mas, como defendia Darwin, foi preciso se adaptar para sobreviver. E a adaptação foi rápida, quase que imediata. O uso das mídias sociais tomou conta do comércio. Por meio delas, o relacionamento com os clientes se tornou mais próximo. É também a alternativa para gerar novas vendas.

Que medidas os comércios estão tomando para se adaptar?

Grupos de whatsapp com as novidades de cada loja, redes sociais com fotos, preços, promoções e tudo mais que vivíamos presencialmente, agora na experiência online. Para completar esse cenário, rapidamente as lojas passaram a utilizar outra ferramenta já bastante conhecida: a entrega de mercadorias.

Com alguma tecnologia disponível, é possível realizar a venda digitalmente, receber o item na sua casa e pagar diretamente para o entregador. Parcerias entre lojas e operadoras de crédito como a Cooper Card, facilitaram essas transações. Ainda segundo Júnior: “essa parceria é importante para continuarmos oferecendo crédito aos clientes, não só na loja de Maringá, mas nas demais cidades também”

Novas formas de receber pagamentos

As empresas credenciadas à Cooper Card conseguem fazer as entregas e receber de seus clientes em casa, com os cartões da bandeira. Para isso, podem contar com a possibilidade de levar a maquininha de cartão até o destino da venda, receber por meio do APP POS, por exemplo, que transforma o celular em uma maquininha para recebimentos, e ainda com o QR Code, que permite o pagamento sem contato físico algum. Para saber mais sobre esses meios, CLIQUE AQUI.

A Dejú, conhecida Padaria online de Maringá, já faz entregas há algum tempo, inclusive aceitando os cartões da Cooper Card, mas viu seu movimento crescer após as pessoas precisarem ficar mais em casa. Para Alisson Camilo, gestor de marketing da Dejú: “passamos a oferecer uma gama maior de produtos. Agora é possível encontrar tudo em um só lugar.”

E eles estão se preparando para o Dia das Mães, as encomendas de Cestas Matinais e demais itens estão intensos. “Receberemos os pedidos até no sábado, dia 9/5 ou enquanto durarem nossos estoques”, conta Alisson.

Comércio fechado não é desculpa pra esquecer o presente de Dia das Mães

Portanto, Dia das Mães sem presentes não é Dia das Mães. E mesmo com toda a situação atípica causada pelo Covid-19, é possível dar aquele agradinho para as mães. Supermercados, Farmácias, Floriculturas, Lojas de Calçados e Confecções, Padarias, Artigos de Decoração e Acessórios, todos eles criaram meios de atender nesse período e, em todos esses locais, é possível encontrar algo que agrade.

Vale lembrar que existem presentes para todos os tipos de mães e todos os tipos de bolsos. Procurando com carinho, aí da sua casa, das suas redes sociais, da internet, tenho certeza de que encontrará uma opção adequada. E quando tudo isso passar, e vai passar, muitos beijinhos e abraços para todas as mães.

Enquanto isso não é possível, mande o presente, cuide dela e cuide-se também!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *