Setembro amarelo: ansiedade e depressão na fase adulta

Durante o período de isolamento social no Brasil, em apenas um mês foi observado que duplicou o número de pessoas com sintomas de ansiedade e depressão.

A depressão é um problema de saúde grave e altamente prevalente na população em geral. A época mais comum para o surgimento da depressão é na 3° década de vida, porém pode surgir e afetar indivíduos de qualquer faixa etária. Estudos apontam maior prevalência da doença nas mulheres (20%), mas os homens também podem ser acometidos por essa doença (12%).

As causas para o surgimento da doença, pode ser genética, bioquímica ou devido à exposição de fatores estressantes, que podem desencadear a depressão em indivíduos com pré disposição genética.

Fatores que podem contribuir para o desenvolvimento da doença:

  • Estresse crônico
  • Ansiedade crônica
  • Dependência de álcool e drogas
  • Traumas psicológicos
  • Conflitos conjugais
  • Mudanças bruscas das condições financeiras
  • Desemprego
  • Histórico familiar
  • Disfunções endócrinas, neurológicas, neoplásicas entre outras.

Durante o período de isolamento social, indivíduos que sofrem de ansiedade e depressão podem sofrer ainda mais devido ao afastamento do convívio com os amigos e familiares. As incertezas e angustias financeiras que rodam a vida de muitos, também podem agravar o quadro de depressão em indivíduos já diagnosticado com a doença, e podendo ainda ser fator desencadeante para outros indivíduos que se encontram em estado de ansiedade e estresse crônico.

As relações sociais são extremamente importantes para manter a saúde mental dos indivíduos, no entanto, com o isolamento social e a redução das relações interpessoais mais próximas, muitos indivíduos tiveram a saúde mental afetada.

Ficar longe de tudo e de todos, pode ser um risco e oferece elevado risco à vida de indivíduos que sofrem com depressão.

Principais sintomas da depressão

  • Humor depressivo – Sensação de tristeza profunda, auto desvalorização, vazio, perda de alegria ou prazer, visão de mundo sem cores e vazio, pensamentos negativos e,, no pior dos casos, pensamentos suicidas.
  • Falta de energia, letargia, preguiça, cansaço excessivo, dificuldade de concentração, falta de memória.
  • Insônia ou sonolência.
  • Distúrbios do apetite – Alguns apresentam redução de apetite de forma acentuada. Outros aumento do apetite ou compulsão alimentar, com maior predisposição a carboidratos refinados e alimentos açucarados.
  • Redução do interesse sexual.
  • Dores e sintomas físicos como, mal estar, cansaço, dores no peito, taquicardia e sudorese.

A depressão é uma doença grave, mas que apresenta cura. Cerca de 90 a 95% dos indivíduos tratados apresentam remissão total da doença, seguindo assim uma vida normal.

Principais medidas preventivas contra a depressão

  • Evitar o consumo de álcool
  • Não usar drogas ilícitas
  • Diminuir as doses diárias de cafeína
  • Manter uma boa rotina de sono, dormindo 8 horas por noite
  • Não interromper tratamento medicamentoso sem orientação médica
  • Programar um tempo na agenda para realização de atividades prazerosas
  • Praticar exercícios físicos diariamente
  • Manter uma dieta equilibrada e saudável

Uma universidade Australiana publicou um estudo que aponta a dieta do mediterrâneo, composta por frutos do mar, oleaginosas, grãos não processados, legumes, verduras e moderado consumo de carnes e açucares, como um importante fator responsável pela redução de 35% da probabilidade de desenvolvimento de depressão e outros transtornos mentais.

Por isso, mais do que nunca é o momento de cuidar da saúde, do corpo e da mente investindo em uma alimentação saudável e equilibrada, rica em substâncias anti-inflamatórias que irão reduzir e proteger nosso sistema nervoso de doenças da mente.

O abacate é uma fruta muito nutritiva e saborosa, além de ser fonte de Omega 6 e magnésio. O Omega 6 possui ação anti-inflamatória, já o magnésio participa da conversão do aminoácido triptofano em serotonina, que é responsável pela sensação de prazer e bem estar. Que tal preparar uma deliciosa guacamole e se deliciar dessa alegria.

Guacamole 

Ingredientes:

  • 1 abacate médio
  • 1/4 de cebola grande (picadinha em cubos)
  • 1/2 tomate (picadinho em cubos)
  • 1/2 limão espremido
  • 1 colher de chá de azeite
  • 1 pitada de sal
  • Salsinha a gosto
  • Pimenta dedo de moça a gosto

Modo de Preparo:

1 – Para fazer guacamole comece picando o tomate, a cebola e a salsinha em cubinhos.

2 – Em seguida coloque a polpa do abacate em um tigela e amasse bem com um garfo até formar uma pasta uniforme e homogênea.

3 – Coloque a cebola, o tomate e a salsinha na tigela do abacate amassado e misturando tudo. Tempere o guacamole com o azeite e esprema o limão.

Tempere o guacamole com uma pitada de sal e com pimenta dedo de moça a gosto. Misture novamente e o seu guacamole estará pronto, é só se deliciar.

Esse alimento é pratico, saboroso, nutritivo e repleto de nutrientes que irá auxiliar na sua saúde emocional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *