A importância da amamentação

A amamentação garante benefícios de curto a longo prazo, tanto para a saúde da mãe quanto a do bebê. Por ser produzido naturalmente pelo corpo da mulher, o leite materno não exige custos no orçamento familiar e ainda possui todos os nutrientes necessários para a criança até o sexto mês de vida.

É rico em vitaminas, minerais, boas gorduras, substâncias anti-inflamatórios, anticorpos e outros componentes que tornam o leite materno o alimento mais completo que existe. Também possui DHA, um ácido graxo que contribui para o desenvolvimento neurológico da criança.

Não é apenas a criança que é beneficiada, sendo que a mãe também ganha vantagens durante a amamentação. Há um fortalecimento do laço materno devido a liberação de ocitocina, que é conhecido como “hormônio do amor”, e auxilia na recuperação do útero.

Há uma grande praticidade com o leite materno, pois ele não necessita de nenhum tipo de preparação e está sempre disponível. Também é importante porque diminui o risco de desenvolvimento do câncer de mama, câncer de ovário e também do diabetes tipo 2, além de ajudar na perda do peso que veio junto com a gravidez.

O período de amamentação é importante para fornecer todos os nutrientes importantes para o desenvolvimento da criança até a introdução de outros alimentos. Na infância, manter uma alimentação saudável com frutas e também com vegetais garantirá a alimentação saudável e balanceada como um hábito para toda a vida.

Outra possibilidade que é muito gratificante é a doação para bancos de leite humano, o que pode salvar muitas vidas. Para se ter uma ideia, com apenas 200 ml de leite é possível salvar até 10 recém-nascidos e, além disso, proteger aquelas mães que possuem excesso de produção de leite das mastites, que são inflamações da glândula mamária. Você pode consultar a localização e outras informações de todos os bancos de leite do país no site Rede Global de Bancos de Leite Humano (rBLH Brasil).

Uma receita especial

Uma dica para aproveitar os benefícios do leite materno é fazer um sorvete simples que pode ser oferecido aos bebês nos dias muitos quentes e também no período de nascimento dos dentes, já que auxilia no combate ao desconforto causado.

É muito importante ter cuidado redobrado durante a coleta, para que não aconteça nenhum tipo de contaminação. Por isso, sempre use touca, luvas e evite conversar durante esse momento.

Peitolé

Esterilizar forminhas de picolé e colocar o leite materno ordenhado. Congelar e oferecer ao bebê após os 5 meses de vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *