3 dicas para marcar a infância do seu filho

É difícil conciliar as diversas jornadas que enfrentamos, não é? Mas se tem um desejo, que está no topo das prioridades de todos os pais, é de que seus filhos sejam felizes e tenham boas lembranças de suas infâncias. Cresçam emocionalmente saudáveis e capazes de criar vínculos duradouros com seus pais e pessoas próximas a eles.

O desafio é proporcionar momentos inesquecíveis aos pequenos em uma rotina tão corrida. Pensando nisso, preparei 3 dicas infalíveis de pequenas ações e que marcam a infância de seus filhos de forma positiva e profunda.

1 – Esteja presente.

Todo mundo está careca de saber, mas vale reforçar: Tempo de qualidade vale mais que quantidade de tempo. Isso significa que não adianta chegar do trabalho e ligar a TV ou sentar para brincar com seu filho ao mesmo tempo em que olha as redes sociais. Estar fisicamente presente não funciona, é preciso se interessar verdadeiramente por ele. Receba seu filho com um abraço carinhoso após o trabalho e tire alguns minutos para apenas ouvi-lo. Faça perguntas além do óbvio, como: Você se sentiu triste em algum momento hoje? Qual foi sua parte favorita do dia? Você pode me ensinar algo que aprendeu? Se você pudesse contar uma história sobre o dia de hoje, como seria?

Faça o teste! Esse pequeno ato desenvolve habilidades grandiosas nas crianças, como criatividade, capacidade de se expressar, ressignificação, além de criar um vínculo forte entre vocês de compreensão e companheirismo.

2 – Apresente suas brincadeiras de infância.

Vivemos em um mundo de alta tecnologia. Além dos eletrônicos, nossas crianças têm agendas cheias de atividades extracurriculares e sobra pouco tempo (ou espaço) para criar e imaginar. O ato de brincar promove desenvolvimento emocional, social e cognitivo no seu filho e servem como instrumento de estruturação do indivíduo, trabalhando várias capacidades como percepção motora, equilíbrio, orientação espacial, além de cooperação, liderança e competição.

Além de proporcionar espaço para que seu filho brinque, que tal apresentar para ele sua brincadeira de infância favorita? Tire um tempinho para relembrar o que você mais gostava de fazer na idade dele e programe uma forma de fazerem juntos. Estar presente nas brincadeiras do seu filho permite que você compreenda seus medos e anseios, suas preferências, seus dilemas, além de criar vínculo e intimidade entre a família. Compartilhar suas preferências com ele abre um espaço de segurança para que ele compartilhe com você, também, não só suas brincadeiras, mas vários aspectos de sua vida.

3 – Leia para seu filho.

Você consegue se lembrar dos seus pais lendo para você? Que tipo de sentimento invade seu coração com essa lembrança? Pensando nisso, por que não aproveitar o momento de ir para cama e ler para sua criança? Ler para o seu filho é, antes de tudo, um momento delicioso de intimidade e relaxamento. Crie a rotina gostosa de colocar seu filho na cama e deixar que ele escolha uma história. Ouvir o tom da sua voz e as diferentes entonações, visualizar você nas narrativas, compartilhar a leitura com você faz com que seu filho desenvolva seu sistema límbico, que é uma espécie de gaveta, onde ele armazena todos os seus sentimentos. Escolha histórias que reflitam os valores e visão de mundo que gostaria de transmitir a sua criança. É possível transformar esse momento em uma lembrança afetiva linda, além de inúmeros aprendizados.

Pequenas ações marcam significativamente. Permita-se conhecer você, seu filho e sua família e compreender qual a melhor forma de construir uma linda jornada juntos.

No que precisar de ajuda nessa descoberta, estou aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *